História da Raça

Boiadeiro Bernês | Bernese Mountain Dog

O Bernese é um cão de fazenda de origem ancestral, que nos pré-alpes berneses e na região rural do interior da cidade de Berna, Suíça, foi utilizado como cão de guarda, de tração e de rebanho.

Originalmente chamado de Dürrbächler, nome do lugarejo e do albergue de Dürrbäch, próximo a Riggisberg, onde este boiadeiro tricolor de pêlos longos foi especialmente numeroso. Em 1902, 1904 e 1907, exemplares desta raça foram apresentados em exposições caninas e em 1907 alguns criadores da região de Burgdorf decidiram promover a criação destes cães, fundando o “Schweizerischer Dürrbach-Klub” (Clube Suíço de Dürrbach), fixando os traços característicos da raça.

Em 1910, numa exposição em Burgdorf, onde vários agricultores desta região apresentaram seus cães, já existiam 107 exemplares. A partir desta data, este cão, rebatizado por Berner Sennenhund, seguindo o exemplo de outras raças de boiadeiros suíços, expandiu-se rapidamente por toda a Suíça e sul da Alemanha.

Hoje o Bernese é conhecido e apreciado no mundo inteiro como cão da família, graças a sua admirável pelagem tricolor e a sua grande adaptabilidade. (fonte: CBKC/FCI)